Levante Informativo

Democracia de informações

Fazendas Verticais Mudam Conceito de Alimento Local

Deixe um comentário

Imagem

Imagine se deparar com um prédio bastante alto apenas para descobrir que ele não passa de uma fazenda vertical. Por mais estranho que pareça, estes novos modelos de construção estão a espalhar-se pelo mundo e prometem uma maneira mais rápida e ecologicamente correta de alimentar a população.

A primeira fazenda vertical comercial foi construída em Singapura por Jack Ng, um visionário que busca suprir a demanda alimentar da densa população da Singapura, sem precisar comprar lotes de caras terras na zona rural. O método utilizado nas fazendas verticais é econômico no tocante a eletricidade, misturando técnicas antigas com um toque de modernidade. As torres são modernas e claras, permitindo a entrada de luz solar para as plantas, sem contar a estética. Os produtos cultivados no prédio são vendidos com o rótulo de Sky Greens. Você pode descobrir mais sobre como estas fazendas funcionando vendo este vídeo em inglês.

Imagem

Está para ser aberta este ano, a maior fazenda vertical conhecida, em Scranton, Nova Iorque. A fazenda é idealizada por Green Spirit Farms e utiliza apenas 3.25 hectares de terra. Considerando que uma fazenda tradicional possui em média 120 hectares, é utilizado apenas uma fração do espaço para suprir alimento aos locais, demonstrando a eficiência deste tipo de agricultura. A fazenda utilizará de estantes com sistema hidropônico (sem terra), iluminados por LEDs que reproduzem a luz solar. Todo o sistema de rotação será monitorado e ajustado por um software que pode ser integrado a algo tão simples quanto um smartphone. A fazenda está programada para fornecer até 14 colheitas por ano: espinafre, couve, tomate, pimenta, manjericão e morango. O projeto é cerca de 10 vezes maior que a primeira fazendo construída pelo Green Spirit Farms em 2011.

Existe uma controvérsia quando à substituição da luz solar pelos LEDs. As luzes produzidas pela tecnologia LED não são, logicamente, equiparadas com a solar, que produzem resultados bem melhor no fim das contas.

O conceito de fazendas verticais resolvem vários problemas de uma vez. A facilidade de ter o alimento fresco e disponível localmente acaba com a problemática do transporte interestadual e até intercontinental, extingue a necessidade de agrotóxicos e quaisquer fertilizantes sem fim sustentável, sem mencionar os transgênicos que não combinam com este novo conceito agricultural. As culturas dependem do clima e estações, um problema que pode ser minimizado com as fazendas verticais, quebrando monopólios e facilitando o investimento no comércio e produtores locais.

fonte: http://www.collective-evolution.com/2014/01/19/vertical-farms-sprouting-up-all-over-the-world-could-bring-food-local/

Anúncios

Autor: Levante Informativo

Temos como proposta trazer notícias em primeira mão, com o mínimo de filtro e parcialidade. Objetivando o debate e a educação por um mundo melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s